Críticas

Assunto de Família: reflexão afetiva e familiar

O Oscar já se foi e Assunto de Família já saiu das telas do cinema (uma pena). Somos uma geração moderna viciada nos streamings e na facilidade de acesso. E digo isso porque sei que você irá se deparar com a pergunta: “Tem na Netflix?” Não. Reviva na memória, há poucos anos éramos mais criativos. E não faz muitos anos assim.

Esse filme era a minha grande aposta para o Oscar 2019. Roma levou a estatueta de melhor filme estrangeiro (sim, esse tem na Netflix), o que acabou não sendo uma grande frustração, porque foi muito bem representado.

Ambos possuem uma sensibilidade ímpar ao tratar de questões sociais e familiares. É muito intrínseca as relações, sem a preocupação de a todo momento forçar a emoção ou exacerbar o dramático.

Em Assunto de Família, Hirokazu Koreeda (Pais e Filhos) constrói um cenário aparentemente um pouco caótico: marido, mulher, irmã, avó, filhos, relações não consanguíneas, mas que se configura como uma família pela existência do amor e da cumplicidade.

Eles vivem em condições precárias, dividindo um espaço de claustrofóbico de poucos metros quadrados. Fazem pequenos roubos em comércios locais e outros itens, na esperança de conseguir algum dinheiro, o que acaba sendo praticamente zero.

Esse é o cenário quando Osamu (Lily Franky) encontra uma garotinha na rua à noite, em um dia gélido e a leva para casa. Ao descobrir a sua situação familiar, eles decidem cuidar dela. A situação que já extrema, fica um pouco mais complicada, afinal, é mais uma boca para alimentar, mais um ser para vestir, mas mais um ser humano para compartilhar afeto.

E por mais surreal que parece, eles conseguem conviver juntos de uma forma feliz. E leve. Há conflitos, mas você vai descobrindo aos poucos e é tomado por uma série de sentimentos de vão da raiva, passando pela piedade, até a tristeza.

E então a emoção que vem segurando, segurando, desabrocha no final de uma forma muito intensa e você entende um bocado de coisa, mesmo que talvez você não concorde, mas você entende e contenção das lágrimas é difícil. Não que seja mas regra, mas ela se apresenta com certa facilidade.

Assunto de Família

ATítulo Original: 万引き家族
Ano: 2018
Estreia: 10 de Janeiro 2019 (Brasil)
Duração: 121 minutos
Gênero: Drama
País de Origem: Japão

Posts Relacionados

%d blogueiros gostam disto: