Sessão Cinéfila

Clube de Compras Dallas (Dallas Buyers Club), 2013

clube-de-compras-dallas

Clube de Compras Dallas foi uma das grandes promessas do Oscar 2014. Indicado a seis categorias, levou a estatueta de ‘Melhor Ator – Matthew McConaughey’, ‘Melhor Ator Coadjuvante – Jared Leto’ e ‘Cabelo e Maquiagem’. O destaque está em um roteiro muito bem estruturado e um elenco impecável. Mais do que vencer o Oscar, a maior conquista de Matthew McConaughey foi desvincular-se de papéis clichês como ‘Um Amor de Tesouro, 2008’ e ‘Como Perder Uma Mulher em 10 Dias, 2003’ e partir para uma linha mais segura e trabalhada dentro do cinema. Após do sucesso de Clube de Compras Dallas, ele trabalhou com Scorsese em ‘O Lobo de Wall Street, 2013’, foi o grande destaque em ‘True Detective, 2014’ e consolidou-se de vez em ‘Interestelar, 2014’.

McConaughey-oscar-2014

McConaughey vive o personagem Ron Woodroof de corpo e alma. Ele é um eletricista homossexual e homofóbico, viciado em sexo, jogos e drogas. O ano é de 1986 e ser homossexual é algo completamente incomum. E AIDS é uma doença completamente obscura. Pouco sabe-se sobre ela e os tratamentos são completamente restritos.

Em meio a esse contexto, Ron é diagnosticado soro positivo. Sem amigos, sem esperança e diagnóstico com 30 dias restantes de vida. Os tratamentos estão em testes e 30 dias não seriam suficientes para encontrar uma cura ou ao menos prolongar sua vida. Ron então parte para busca de tratamentos alternativos e ao lado de Rayon (Jared Leto), diagnosticado com a mesma doença, começam a comercializar essas drogas trazidas de fora para os portadores de HIV.

McConaughey-jared-leto-clube-compras-dallas

O resultado é espetacular, mas logo os anticorpos começam a criar resistência e os estudos legais ainda caminham lentamente. O desfecho não importa muito no caso desse filme, o caminho de lutas e conquistas é mais interessante de se apreciar. Ele consegue te transmitir uma força incomum diante de uma situação impossível. Ron realmente existiu e foi um cara revolucionário para a sua época. Se pararmos para pensar que são apenas 30 anos de diferença, evoluímos absurdamente. O que precisamos evoluir ainda, em pleno século XXI, são preconceitos e pré-conceitos com pessoas que aparentam ser diferentes de nós. É um luta diária.

Ficha Técnica:
Título Original: Dallas Buyers Club
Ano: 2013
Direção: Jean-Marc Vallée
Duração: 116 minutos
Gênero: Biografia Drama
Origem: EUA
Distribuição: Universal Pictures

Confira o trailer de Clube de Compras Dallas:


Posts Relacionados