Especial

5 Filmes para voltar a ser criança

De vez em quando é tão bom revisitar aquela velha estante de filmes que a gente gostava tanto, que separamos aqui cinco filmes para voltar a ser criança e a uma época tão boa, com tão pouca preocupação, que a maior delas era chegar em casa e se preparar para a sessão da tarde, torcendo para ser o nosso filme predileto. E até hoje, esses filmes estão marcados na minha mente e no meu coração, por serem tão especiais e de uma magia tão incrível, que é difícil ver em filmes mais recentes, que exploram muito mais a tecnologia, do que o imaginativo da criança.

 

Jumanji (Jumanji, 1995)Joe Johnston

Impossível falar de filmes que marcaram a infância sem falar de Jumanji. Um clássico com Robin Willians de 1995. Você com certeza já quis se aventurar nesse tabuleiro de mais de 100 anos, cheio de histórias assombradas para contar e vivenciar. Morcegos que saem do tabuleiro, penalidades na floresta, plantas selvagens, guardas lunáticos, animais gigantes e uma amizade duradoura. Um eterno clássico, pena que querem estragar com uma continuação. Aguardemos.

jumanji-citacoescinefilas
A Chave Mágica (The Indian in the Cupboard, 1995) – Frank Oz

Meu Deus, esse filme era muito apaixonante. Também datado de 1995 ele fará que nos aventuremos com o garoto de 9 anos de idade e seu presente de aniversário que ele pouco deu bola, mas o levará a uma aventura incrível e mágica. Um pequeno armário e um índio de plástico. O que pode ter que tão incrível nisso? Mas quando uma chave mágica é usada, é quando a magia toma forma.

a-chave-mestra-citacoescinefilas

 

Guerreiros da Virtude (Warriors of Virtue, 1997) – Ronny Yu

Lembro que esse sempre foi o filme que eu ficava alucinada sempre que passava na Sessão da Tarde. De 1997, acompanha o pequeno Ryan, que se perde em uma floresta e nela conhece cinco guerreiros cangurus, guardiões do Reino de Tao. Eles se unem para proteger as terras de um diabólico vilão. Um filme cheio de amor, de amizade e aprendizado.

guerreiros-da-virtude-citacoescinefilas

 

Um Herói de brinquedo (Jingle All the Way, 1996) – Brian Levant

Um clássico de Natal. Quem imaginaria que um dia Arnold Schwarzenegger seria um paizão de primeira e que seria um verdadeiro super-herói para atender o desejo de seu pequeno filho de ter um “Turbo Man”? É um filme cheio de amor e carisma, que não deixa que o espírito natalino morra. E mostra com simplicidade a essência do Natal e a importância de pequenos gestos para uma criança, que sonha, que acredita, que fantasia um mundo onde tudo é possível.

heroi-de-brinquedo-citacoescinefilas

 

Pequenos Guerreiros (Small Soldiers, 1998) – Joe Dante

Por fim, esse filme maravilhoso filme de 1998, conta o universo de brinquedos que contra-atacam. À noite o Comando Elite sai de suas caixas e por ordem de seu líder, Chip Hazard, atacam os inimigos Gorgonóides. É tão bom porque os brinquedos são tão bravos e por ora você acha que eles são inimigos, mas depois você percebe que eles possuem boas  intenções e acaba se apaixonante por esses plásticos com vida.

pequenos-guerreiros-citacoescinefilas

Posts Relacionados