Seriemaniacos

House of Cards – 4º Temporada

As duas primeiras temporada de House of Cards foram essenciais para construção de seu sucesso. Nelas conhecemos, admiramos, odiamos e amamos o casal Clarie (Robin Wright) e Frank Underwood (Kevin Spacey). E nessa quarta temporada todos esses sentimentos voltam à tona intensamente.

Ao longo das outras três temporadas acho que o ódio foi mais renascentes que os demais sentimentos, mas eles são o retrato de um casal que possui um objetivo sólido, que não mede sacrifícios e nem consequências para conseguir o que querem e conseguiram, o ponto auge da carreira política, a presidência dos EUA. Mas manter-se no cargo, ainda mais com um presidente que não foi eleito por voto popular, parece ser um caminho um pouco árduo e exigirá muita paciência e estratégias.

house-of-cards-temporada-4-Frank

Depois de uma terceira temporada sonífera (intermináveis diálogos e poucos conflitos), mas uma seasson finale de tirar ar dos pulmões. A quarta temporada inicia a partir dessa ponto, com Claire fortalecida. Ela deixa de ser simplesmente a companheira de Frank e passa a ter voz, rosto e ser decisiva na corrida presidencial. Assume um papel de completa responsabilidade e deixa (finalmente) de ser secundária. Tanto que sem ela, Frank estaria completamente perdido, por ter que enfrentar um adversário a sua altura e que também é capaz de fazer qualquer coisa para conseguir alcançar o seu objetivo.

Veremos uma série de conflitos electrizante, diálogos rápidos e dinâmicos. Roteiristas (alguns dos episódios é até mesmo escrito por Robin Wright) que não poupam recursos para deixar a série interessante, eliminando personagens, ressuscitando outros e inserindo novas caras, mesmo que passageiras, mas que serão responsáveis para dar toda a dinâmica que a temporada exige.

house-of-card-4-temporada-claire-frank-underwood

Frank estará diante de seu maior obstáculo. Se a adversária Heather Dunbar (Elizabeth Marvel) possui pouca carisma e pouco ameaça, o novo adversário de Frank, Will Conway (Joel Kinnaman) é tão sem escrúpulos quanto Frank, capaz de também fazer qualquer coisa para atingir seus objetivos. Complemente egocêntrico e narcisista, utilizará da figura da família para atingir e conquistar o público, o que estimulará o retorno triunfante do casal Frank e Claire Underwood.

É verdade. Nós não nos submetemos ao terror. Nós os criamos.

 

4estrelas

 

Posts Relacionados