Sessão Cinéfila

Loucas de Alegria (La Pazza Gioia) | O Encontro da Felicidade Simplista

Que nunca neguemos a loucura de ser quem querermos ser. Que regras são essas impostas, que não podemos nos inventar? Afinal, somos um universo único e particular, capaz de transcender até mesmo para um amor e uma amizade sincera. Isso que se trata La Plaza Piola (Loucas de Alegria). Uma comédia dramática. Não sei se mais drama ou mais comédia, mas uma mistura italiana gostosa. 

Beatrice (Valeria Bruni Tedeschi) é uma mulher endoidada. A vida a deixou assim. O amor a deixou assim. O dinheiro intensificou a sua condição de ser assim. Ela vive em uma casa de repouso, mas acredita fielmente que está lá apenas passando férias. Amiga da alta sociedade, ela possui contatos bons, com advogados ricos e influentes. Possui até em seu telefone o contato de George Cloney, se real ou fantasioso, você perceberá que isso pouco importa. 

la-pazza-gioia-loucas-de-alegria

Beatrice é simplesmente uma figura cativante, cheia de sonhos e desejos. O maior deles, ter seu amor reconhecido por Ricardo, um charlatão que lhe deu um gole e a levou uma boa grana, enganando-a com diversas promessas vazias e sem fundamentos.

Mesmo loucos, não podemos ser felizes sozinhos. É quando conhece Donatella Morelli (Micaela Ramazzotti), o oposto de Beatrice. Bela, melancólica, tatuada, frágil, ela é cheia de receios e feridas mal curadas. Separada de seu filho ainda pequeno, apontada por falta de capacidade mental e social, luta internamente contra si, em busca de forças para mostrar que é capaz e se aproximar do pequeno, que vive com sua família adotiva.

la-pazza-gioia-loucas-de-alegria2

Ambas são tão diferentes e ao mesmo tempo tão parecidas. Viverão grandes aventuras, loucuras, decepções, mas sempre juntas. A amizade que nasce dessa loucura conjunta, faz com que acreditemos um pouco mais sobre todas as coisas da vida. Nos dá no fundo uma esperança e uma vontade de viver da forma que quisermos viver. 

Creio que a maior loucura é viver sem as regras sociais impostas. Sem esse medo de estar fazendo errado. Porque o erro só existe na visão do outro, que nos julga sem saber quem de verdade somos. E se prestarmos atenção, minimamente que seja no outro, encontraremos nele motivos para sonhar, para sorrir, para amar, enfim, para viver uma vida plena.

la-pazza-gioia-loucas-de-alegria3

Ficha Técnica – Loucas de Alegria

Título Original: La Pazza Gioia
Ano: 2016
Direção: Paolo Virzì
Gênero: Comédia Drama
País de Origem: Itália

 

Posts Relacionados