Cinema Nacional Especial

Cinema Nacional e a busca pelo reconhecimento

o-menino-e-o-mundo-pe-alto-ale-abreu-foto-cinema-nacional-citacoes-cinefilas

O Menino e o Mundo, 2013 – Alê Abreu

Recentemente falei por aqui sobre a importante do Cinema Nacional e sua “desvalorização” pelo olhar dos brasileiros (sem generalizar), ao falar sobre ‘Que Horas Ela Volta’. Cada vez mais o nosso cinema está ganhando campo lá fora e isso tem feito com que enchemos mais salas de cinemas, fazermos mais downloads e até mesmo falarmos mais sobre o assunto. Mas isso ainda não é o suficiente. É sempre necessária uma exposição externa para que tomemos conta disso e possamos dizer: puta, nosso cinema é bom.

O caso mais recente foi com a animação ‘O Menino e o Mundo’, ele é um filme belíssimo, cheio de fantasia e cores. A criação dos personagens e dos cenários é feita com lápis de cor, giz de cera, colagem e pinturas, imagine a riqueza das imagens. Mas que pouquíssimas pessoas viram, até agora. Ele foi indicado ao Oscar 2016 na categoria de melhor animação, disputando com o ovacionado ‘Inside Out (Divertida mente)’. E somente a partir de então ele começou a entrar em foco.

Eu me lembro quando ele estreou em 2014. Aqui em SP ele ficou durante um longo período em cartaz no Itaú Cinemas. Não sei relatar datas exatas, mas foi um período que saia filme de cartaz e entrava outros e lá estava a animação de O Menino e o Mundo. Então, falta de oportunidade não houve.

o-menino-e-o-mundo-ale-abreu-foto-cinema-nacional-citacoes-cinefilas

Com esse levante de bandeira, não quero dizer que você tem a obrigação para todo e qualquer filme brasileiro sair correndo para o cinema ou baixar, quero dizer somente que precisamos saber o quanto somos bons e começar a dar mais valor a isso. Os gringos lá fora valorizam nosso trabalho, enchem os olhos com a nossa criatividade e nós aqui, brasileiros, sempre colocamos o estrangeiro em primeiro plano.

Com a indicação ao Oscar provavelmente muita gente foi buscar saber mais sobre O Menino e o Mundo, então vou me omitir de descrever sinopses. Digo apenas que ele é maravilhoso, belíssimo visualmente e tem uma visão muito clara da nossa sociedade.

Recado dado, se você se interessar em assisti-lo tenho toda certeza que não irá se arrepender. Vamos valorizar mais o nosso cinema, nossa cultura. Somos fodas!

 

Posts Relacionados