Especial

Vamos ali ao espaço: Os Melhores Filmes sobre Universo

Têm sido cada vez mais recorrente a produção de filmes sobre Universo e suas mais diversas vertentes. Alguns repetem a temática de astronautas perdidos no espaço e  a dificuldade de retorno a Terra e o enfrentamento de uma vida espacial solitária e caótica mentalmente. Outros trazem uma temática mais complexa, questionamentos físicos e científicos. Até mesmo a complexidade da existência e importância da vida humana.

Clássicos, não clássicos e boas descobertas nessa lista de oito filmes para você ver, apreciar, pirar e questionar.

 

1# 2001 Uma Odisseia no espaço (1968)

Clássico dos Clássicos não poderia faltar na lista 2001 – Uma Odisseia no Espaço de Stanley Kubrick .

2001 consegue unir elementos técnicos muito avançados a seu tempo, estamos falando de uma época de que a tecnologia é futuro e ainda sim, consegue se sobressair. Outros elementos contribuem para ser um filme primordial: direção, trilha sonora e roteiro. A viagem para os primórdios, até a concepção da inteligência artificial e exploração do espaço.  

 

2# LOVE (2001)
 

Dentre os esquecidos, Love está no topo, um dos melhores filmes que já vi sobre o tema espaço. Primeiro que ele é um filme feito com pouquíssimos recursos financeiros. O diretor William Eubank consegue montar um cenário inacreditável, no quintal de sua casa e com utilização de materiais baratos, como caixas de pizzas, para conceber uma fotografia que deixa muitos filmes milionários ultrapassados.
 
Além de seus valores técnicos, o roteiro também é muito interessante. O astronauta Lee Miller (Gunner Wright) perde contato com a Terra e luta para sobreviver isolado em uma estação espacial, até o dia em que faz uma estranha descoberta. Isso tudo questionando Universo e espaço e principalmente o nosso papel enquanto ser humano e a importância de nossa existência.
 
 
3# Fonte da Vida (2006)

Esse é um filme bem característico do diretor Darren Aronofsky. Ele utilizar-se do espaço, não para montar um filme de ficção científica,  mas aprofundar o Universo como a chave para todas as repostas inquietantes.

Em uma das três histórias contidas em Fonte da Vida, Darren Aronofsky nos transporta para um planeta que possui a árvore que pode ser a resposta para um dos grandes dilemas da vida: como viver para sempre? Mas a resposta que Tom (Hugh Jackman) precisa responder é a seguinte: o que é imortal de verdade? A vida? Ou o amor?
 
 
4# Lunar (2009)

Lunar é uma preciosidade. Dirigido por Duncan Jones (Warcraft, 2016) traz Sam Bell, interpretado pelo talentoso Sam Rockwell, perdido no espaço após um acidente espacial. A partir de então, ele começa a ter alucinações e paranoias, causadas pelo isolamento e falta de contato humano.
 
O interessante desse filme é que Sam se duplica no meio de sua paranoia solitária e começa a criar-se um segundo eu, com consciência e ideias, que levará a um final que fica aberto a interpretação e completamente surpreendentemente.
 
 

5# Gravidade (2013)

Dirigido pelo mexicano Alfonso Cuarón, Gravidade consegue unir elementos técnicos, juntamente a um bom roteiro e explorá-lo com diálogos bem estruturados e cenas maravilhadas de tirar o fôlego.

Quem teve a oportunidade de assistir no cinema, sabe do que estou falando, você viaja ao espaço com Sandra Bullock e George Cloney, e por um momento esquecesse que está na Terra. Mas a experiência do cinema em casa, não deve ser reduzida, pelo contrário, Gravidade é um filme que cabe a toda e qualquer tipo de sessão.

O longa foi ganhador de sete Oscar, além de diversos outros prêmios internacionais.  

 

6# Interstellar (2014)

Interstellar é de 2014 e ainda é comentado com veemência e entusiasmo e não é por menos. Creio que ele foi um dos filmes recentes mais maduros na concepção de Espaço.

Deixa de lado a percepção única do astronauta americano perdido no espaço e passa para a exploração de questões físicas e científicas. Christopher Nolan conseguiu aqui uma maestria ímpar, aproximar as pessoas da física complexa, tornando-a mais simples e fazendo-as refletir sobre questões de espaço/tempo, buracos negros, outras dimensões e até mesmo a possibilidade de vida fora da Terra.

Em questões de premiações, o filme recebeu cinco indicações ao Oscar, mas levou apenas uma estatueta na categoria de Efeitos Especiais. Mas é um filme reconhecido por outros prêmios internacionais e considerado uma excelente obra, o que é inquestionável.

 
 
7# Perdido em Marte (2015)
 

Perdido em Marte se assemelha muito com o nosso momento atual em exploração do espaço. A NASA tem feito diversos estudos e pesquisas para desenvolvimento de sobrevivência ao planeta vermelho, como forma de exploração humana e porque não, uma “alternativa” de vida futura à Terra.
 
Na obra, o astronauta Mark Watney fica preso em Marte e precisa sobreviver ao inóspito planeta vermelho até que uma unidade de resgate venha ao seu encontro. A direção fica por conta de Ridley Scott e é estrelado por Matt Damon.
 
 
 

  8# A Chegada (2016)

Figurando o filme mais recente, do diretor Denis Villeneuve, ele se utiliza da ficção científica de forma um pouco mais madura. O roteiro não envolve tanto espaço, mas sim espécies que vieram de outra dimensão para nos alertar da necessidade de expansão linguista como forma de evolução. Confira aqui a resenha completa.

Mesmo não sendo um filme tão direcionado a Espaço/Universo, achei interessante incluí-lo na lista, por envolver discussões correlatas, como a existência de outras espécies além da forma humana e as teorias de evolução dessas espécies. Afinal, elas existem ou não? Somos evoluídos a eles ou temos evolução inferior? Enfim, um imenso campo de teorias e ideias.

 

Obviamente que aqui estão filmes muito particulares ao gosto pessoal e que há infinidade de bons filmes sobre o tema. Assim, não deixe de registrar seu comentário/opinião/indicação de um novo filme que não foi citado 😉  

Posts Relacionados