Seriemaniacos

Críticas Seriemaniacos

‘How To Get Away With Murder’ – O incrível fim desse drama

Essa semana chegou ao fim uma das melhores séries dos últimos anos, How To Get Away With Murder. Durante seis temporadas acompanhamos as diversas lutas de Annalise Keating (Viola Davis), Bonnie (Liza Weil), Frank (Charlie Weber), Laurel (Karla Souza), Asher (Matt McGorry), Michaela (Aja Naomi King), Connor (Jack Falahee), Oliver (Conrad Ricamora) e Nate (Billy Brown). E quando digo lutas, estou falando tanto das físicas, quanto das emocionais. Suas histórias foram rodeadas de abusos, violências, mentiras, mortes, culpas, conquistas, alegrias,…

Continue Lendo

Críticas Seriemaniacos

The Morning Show – Uma série mais que necessária

Assim como House of Cards foi para a Netflix, um carro-chefe e propagadora do canal de streaming, The Morning Show parece – e deve ser essa série da – Apple TV+. Com uma estreia avassaladora, logo em sua primeira temporada já foi indicado ao Globo de Ouro, como a Melhor Série de TV de Drama. O elenco dispensa apresentações, Jennifer Aniston, Reese Witherspoon e Steve Carell. Apesar de estarmos acostumados a ver esse trio em atuações de comédia, eles não…

Continue Lendo

Críticas Domingo Deprê Seriemaniacos

Kidding – Uma forma lúdica de tratar assuntos difíceis

Kidding apesar das ótimas críticas, parece que ainda não conseguiu se expandir e ganhar o gosto popular. Pouco conhecida e de poucas visualizações, ganhou recentemente a sua segunda temporada também com alguns episódios dirigidos por Michel Gondry. Se você não é muito fã de nomes de diretores, provavelmente Michel Gondry passou despercebido, diretor de “Brilho Eterno De Uma Mente Sem Lembranças”, também protagonizada por Jim Carrey. Ambas trazem os mesmos ares, o que já possibilita entender um pouco de Kidding.…

Continue Lendo

Seriemaniacos

11.22.63 – Novembro de 63 de Stephen King

Dois fatores me levaram até 11.22.63. Primeiro foi a possibilidade de se voltar no tempo e mudar a história, no caso evitar o assassinato do presidente americano John Kennedy. O segundo foram as ótimas críticas ao episódio piloto – ouvi até comentários como “melhor episódio piloto já visto” – e, de fato, é muito bom. Mas possui também alguns buracos não tão bons.  Como seria o mundo se Kennedy não estivesse sido morto? É o cenário que Stephen King constrói…

Continue Lendo

Seriemaniacos

Crítica – 13 Reasons Why – 2ª Temporada

Apesar das diversas “reclamações” em torno de 13 Reasons Why, a Netflix renovou a série para uma segunda temporada. Mas será que havia “pano para manga” para isso ou seria apenas uma ilusão e certa ganância dos produtores de continuar algo que não apresentava mais rumos para serem seguidos? Na primeira temporada um dos grandes assuntos em discussão era a falta de sensibilidade do conteúdo apresentado, alegando que não havia preocupação com aqueles que recebiam a mensagem, inclusive de adolescentes…

Continue Lendo

Seriemaniacos

Doctor Foster | Mentira, traição e poder

As séries britânicas não se comparam em nada com as séries americanas e isso em primeiro momento pode ser um choque, uma vez que esperamos aquele desenrolar maçante e dramas descabelados, chorosos e com alto teor dramático; frisando – com ênfase – DRAMÁTICO, por vezes é tão exagerado que chega a doer do outro lado da tela e não é uma doer emocionada. Mas frisando que isso não faz delas ruins. Apenas um comparativo para dizer que as séries britânicas…

Continue Lendo

Críticas Seriemaniacos

Resenha | Big Little Lies

A HBO novamente nos mostra que Game of Thrones não foi um sucesso isolado e muito menos por acaso. O canal ao longo dos anos conseguiu repetir o sucesso de suas produções originais, The Westworld não nos deixa mentir, seguido do tão comentado por aqui The Leftovers. E agora a sua última produção, Big Little Lies, que está aí dentre as melhores (se não a melhor – ao meu ver) série do ano de 2017. Antes de mais nada saiba…

Continue Lendo